sábado, 28 de novembro de 2009

Pedra da "felicidade"

Reportagem interessante publicada em O Diário sobre a “Cracolândia maringaense”. Se quiserem ler, está aqui.
Abaixo, se quiserem ler também, meu comentário com relação à matéria.

Pedra da “felicidade”

Ótima proposta de cobertura jornalística e fotográfica de O Diário. Naquela praça, além do consumo desacanhado de drogas, ainda há o comércio sexual de senhoras já com algumas décadas de vida, à luz do dia. Enquanto isso, pessoas vão e vem, sobem em suas circulares para encarar mais um dia de cão, fazem viagens de até uma hora para municípios vizinhos, de pé, com pasta ou mochila nas costas, com guarda-chuva em mãos quando está chovendo, e provavelmente com uma marmita insossa, devidamente guardada na bolsinha, que será devorada na hora do almoço para o peão, ou a peoa, aguentar o restante da tarde. Na volta, é a mesma coisa. Só que, infelizmente, muitos nem retornam a seus lares para dar aquela deitada no sofá enquanto assiste um pedaço da novela. É que precisam ir à faculdade (é desperdício pagar o Fies e cabular aula) e buscar um diploma para, quem sabe um dia, não precisar mais ficar andando de circular ou a pé pelo centro de Maringá, onde pessoas passam o dia e a noite toda numa peregrinação constante em busca de mais uma pedra da "felicidade".

Um comentário:

Anônimo disse...

Quem é o piloto de Fórmula-1 que mais demorou para ganhar uma corrida? Leia no http://oreiudo.zip.net - valeu!