segunda-feira, 28 de abril de 2008

Mentiras sobre perseguição recheada de merda

Alguém aí se lembra da mulher que foi encontrada dentro de um bueiro em Curitiba? No dia 22 de fevereiro, postei uma crônica inspirada naquela situação ( leia a crônica Arrependimentos no esgoto aqui), em que a moça dizia ter parado no bueiro porque estava fugindo de traficantes de drogas.

Pois bem. Hoje saiu na Gazeta do Povo uma matéria (leia aqui) divulgando o inquérito da polícia informando que a garota Luci Machado Santana, na verdade, estava sob efeito de drogas e que inventou a maioria daquela história extraordinária, recheada de adrenalina, ratos e merda.

De qualquer forma, foi legal fazer uma crônica sobre o desespero de alguém que literalmente entrou pelos canos.

Crédito da imagem: Ivonaldo Alexandre - Gazeta do Povo

Crônica no Haja Saco

Neste final de semana, o blog Haja Saco publicou uma crônica minha. Trata-se de “Arrumando guarda-roupa de camisola”, já publicada anteriormente no A Poltrona. Para quem ainda não leu, deixo a dica para que acessem a um dos blogs mais legais dos últimos tempos: Haja Saco.

Não que isso seja uma coisa boa, mas, para provar a popularidade do Haja Saco, dia desses, Ivete Sangalo deu as caras por lá dizendo que gostava bastante de ler o blog.

No blog, cinco jornalistas escrevem diariamente, cada um em um dia da semana, e, nos fins-de-semana, os caras abrem espaço para os parceiros publicarem textos também.