segunda-feira, 21 de janeiro de 2008

Busão é inspiração literária há um ano e dois dias

Essa rotina diária dentro de ônibus rendeu uma crônica, escrita no dia 19 de janeiro de 2007, há um ano e dois dias. Confiram: Até mesmo crianças aparentam estar tristes e enrugadas. Pessoas feias, solitárias, cansadas e fedidas. Outras, desesperadas, sem educação e deprimidas. Algumas são dignas e estão inseridas no protótipo de normal, ou seja, assistem novela das oito, compram cd pirata da novela das oito e comem, de vez em nunca, no Mc´ Donald´s. A briga por assentos é acentuada por muita rivalidade e dores nas varizes. Não obtendo êxito na dança das cadeiras, as chances são grandes de passar uma hora em pé, segurando em algum apoio, que te provoca asco, por lembrar que inúmeras pessoas já colocaram as mãos ali, não se importando se nelas continham coliformes fecais, restos orgânicos, ou respingos de uma masturbação mau sucedida no banheiro público. Quer ler o resto da crônica? Então entre no link: Particularidades do transporte público

Nenhum comentário: